Perspectivas Econômicas Globais do Banco Mundial

O Banco Mundial publicou seu relatório com as Perspectivas Econômicas Globais (Global Economic Prospects, January 2017: Weak Investment in Uncertain Times). Veja o quadro das maiores economias e suas taxas de crescimento esperadas.

Incertezas e instabilidade ainda preocupam, mas, de qualquer forma, a estimativa é que o mundo cresça 2,3% em 2016, 2,7% em 2017 e 2,9% em 2018 (ligeira aceleração).

Entre os BRICS, Índia e China possuem elevado crescimento. No geral, os BRICS devem fechar 2016 com 4,3% de crescimento, seguidos de 5,1% em 2017 e 5,4% em 2018.

Brasil e Rússia puxam o 2016 dos BRICS para baixo, com retração, mas em patamares diferentes: ambos retraíram em 2015, porém a Rússia já dá sinais de recuperação em 2016.

Na América Latina e Caribe, 2016 deve fechar com retração de 1,4% e crescer respectivamente 1,2% e 2,3% em 2017 e 2018. Aqui, Brasil e Argentina puxam o grupo para baixo em 2016.

O Brasil está aquém do crescimento dos BRICS e da América Latina e Caribe, mas me parece que a economia brasileira está mais entendível: apesar da turbulência, o Brasil voltará a crescer.

Com sinais do fim da crise, teremos uma decisão a tomar:
  1) Esperar que tudo melhore e que algo de bom aconteça conosco por tabela; ou
  2) Preparar-se, arrumar a casa e sair na frente.

Originalmente publicado no LinkedIn: https://www.linkedin.com/pulse/perspectivas-econ%C3%B4micas-globais-do-banco-mundial-danilo-vollet-pmp

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *